quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Notícias do "Bug", o meu cão.

O "Bug" piorou nos últimos dias.

O tratamento não está a dar resultado.

Sexta feira, por volta das 8h00 da manhã, os médicos irão abrir a sua barriga e verificar o grau de infecção.

Caso esta se encontre muito dessiminada pelo seu corpo, o "Bug" já não será acordado.

Depois de receber esta notícia isolei-me em silêncio e, pela primeira vez desde que tudo isto começou, chorei profundamente.

Não suporto a ideia de poder vir a perder o meu "amiguinho".

Sinto um medo terrível.


"Continuem a frequentar estas areias..."

3 comentários:

Di Napoli disse...

Haja Esperança. Se tiver que ser, que ele não sofra mais, não é? Se correr tudo como queremos, pois cá estarás para o receber de braços abertos.
Força, Pedro!

José Varregoso disse...

Pedro: É nestes momentos que o uso das palavras pode ajudar mas não o suficiente. Às vezes, o melhor é mesmo o silêncio. Saberes que os amigos estão contigo e não tanto o que dizem. Se te disser para não te preocupares, parecerei evasivo e pouco compreensivo. Se te disser que vivas estes momentos tomando consciência da amizade que tens ao Bug, estarei a ser dramático e potencialmente depressivo. Eu prefiro dizer-te antes que estou aqui. Que estamos todos aqui. Com a nossa amizade. Com tudo o que isso representa...

Carol disse...

Nossa n imaginas como isso me deixou triste querido pelo menos poder te dar um abraço.
Um amigo como o bug teve muita sorte de ter alguém que o trataou com amor e carinho parabéns.