domingo, 16 de agosto de 2009

Lisboa abandonada

Detesto Lisboa em Agosto.
A cidade está vazia, sem som, sem vida…transmite-me uma imensa sensação de solidão.
Não me sinto “emocionalmente seguro” nela.

Apetece-me gritar nas suas avenidas, ruas e becos, abanar os seus cansados edifícios, pedir aos pássaros que cantem para ela, humanizar Reis…Rainhas…heróis de pedra, implorar ao Tejo que se agite…

Por favor, Lisboa…acorda!!
Fala comigo. Não suporto o teu silêncio.
Tenho medo…


“Continuem a frequentar estas areias…”

5 comentários:

Anónimo disse...

Ao contrário de ti...adoro Lisboa em Agosto! Disfruta-se muito mais a cidade! Podes apreciar, podes-te movimentar...E tu tens passeado pouco porque as ruas estão cheias de movimento...tanta gente cá fora, tanta animação. Á noite as ruas têm tanta gente a passear....
Nesta altura tu podes gozar Lisboa....nas outras épocas do ano essa agitação tão grande que Lisboa têm não te deixa paroveitar nem metada do que é suposto! Por isso não inventes... bora para a ua...embora ir aos museus e às exposiçoes.... emboara curtir! Boas férias...mmm que seja em Lisboa!

Anónimo disse...

era eu a ines...esqueço-me sp desta parte!!

Terramota disse...

Vai dar uma volta pelas ruelas de Alfama, ali sentes vida, música e muita energia. Para refrescar bebe-se um copo ao final da tarde na esplanada de Santo António de Alfama.
Programa a não perder.
Beijinhos

mais uma maria disse...

olá amigo pedrinho... estou tão doidinha por esta época por conta dos estudos que jurava já ter te dado notícias :-)
quer dizer que lisboa anda abandonada e solitária é...
entendo bem o que dizes, pois, na minha cidade, se passa o mesmo nas férias...
mas eu, pelo contrário, AMO estas épocas... um andar mais tranquilo pelas ruas, um observar os prédios que nunca havia reparado, um sorrir para as (poucas) pessoas nas ruas, um silêncio que me permite ouvir os pássaros, um tempo para pensar na vida...
fora o trânsito, que fica ótimo!
vê pelo lado bom - tenta fazer coisas que ainda não fez, ir a lugares que não costuma frequentar, perceber as coisas e as pessoas... vá que se passem boas surpresas :-)
um bj daqui com muito carinho... maria.

Lia disse...

Olá, gostaria eu de estar por essas ruas vazias de Lisboa (mas quem sabe para o ano), sentes falta de movimento, de pessoas, de loucuras, venha a São Paulo, tenho certeza que irás morrer de saudade do sossego de Lisboa.
Precisamos marcar qualquer dia para colocar os assuntos em dia.
Beijos
Lia