sábado, 14 de fevereiro de 2009

Vamos saltar rapidamente esta data?

Hoje é um daqueles dias para ficar em casa…e não é por causa das condições climatéricas (o dia está bonito…cheio de Sol).

Ah…convém também não assistir a determinados programas/notícias da TV em que são feitas referências constantes ao dia 14 de Fevereiro. Não há paciência para eles, são “bregas” e lamechas, apelam ao consumo idiota e sem sentido e têm um público-alvo. Os outros, que não querem saber deste dia, quase que são considerados (ou sentem-se) “anormais”.

Por isso digo. Não me aborreçam com este dia forçado e sem sentido!

Por todas as razões, se existir alguma petição para acabarem com o significado desta data…eu assino de cruz.

Decidi que vou passar o dia a ver, no meu leitor de leitor de dvd’s, filmes de guerra, terror e dramas…e esquecer o que se passa lá fora.

Resumindo, um dia de clausura (pensando bem, até que não é nada diferente dos últimos fins de semana). Raios!


“Continuem a frequentar estas areias…”

6 comentários:

Tiago disse...

Também assino, mantendo a opinião que sempre tive sobre este dia. A teoria é a mesma que utlizo para o Natal, data que teimo em não apreciar: ou se comemora todos os dias, ou não se comemora um dia que seja!

Pipapi disse...

Ok.
É foleiro, sim. É piroso, certo. É fútil e é um apelo ao consumismo e valoriza tudo o que não interessa, concordo e assino em baixo.
No entanto não nos podemos tornar os "amarguinhos" e definhar neste dia só pq todos os outros fazem figura de tolos...
Nunca comemorei este dia. Ironicamente, este ano (bem solteira) foi o que mais saboreei esta ode ao amor. Aproveitei o meu dia de completa solidão para me mimar por dentro e por fora e mandar uns mimos aos meus amigos e família.
Tive um dia muito romântico, mas sem qq réstia de consumismo.
Apreciei-me a mim e aos que me são queridos, apreciei a beleza do mundo e bebi a felicidade de "tarefas" que surgiram. Suspirei, sorri.
Foi único, foi especial.
Isto é amor.
Só isso interessa :)
Sejam felizes.
Beijos da Pi

Eduardo Fraga disse...

Sim, estou nessa também...

Depois de anos e anos a divulgar essa mensagem, sem perceber como, este ano dei (?) uma prenda á Patras no dia maldito.

A Patras jurou que era porque tinhamos um jantar de aniversário com todos os colegas e ela queria levar a carteira nova comprada semanas antas, mas fiquei de alerta. Será que me tornei naquilo que sempre detestei?

Hummm... Nao, nao pode ser, foi coincidencia.

Um abraco.

Anónimo disse...

Aqui (EU) este dia, como tantos outros, é super celebrado! Mas aqui o que mais se celebra sao os amigos e a família! A Mariana e o Salvador receberam imensos cartoes e prendinhas dos colegas. E até o meu ginecologista me desejou um "Happy Valentines Day"!
Bjos grandes Pedrinho
APC

mais uma maria disse...

olá amigo pedro!
que bom saber de ti!
os meus estudos vão bem, resolvi adotar o teu conselho e acreditar no meu próprio foco, e decidi que ele vai ser mesmo de muita luz e de muito brilho... obrigada pela torcida, ela é muito importante para mim, pode acreditar!
quanto a esta data (que aqui no BR se comemora em 12 de junho), é realmente bem comercial, mas ela deve, acima de tudo, nos lembrar que o maior amor que devemos ter é por nós mesmos, pois antes de encontrarmos alguém para amar, é preciso que nos amemos de verdade - e muito...
um beijo carinhoso do lado de cá... maria.

Anónimo disse...

O dia dos namorados só tem mm significado para quem quer...e há pessoas que precisam dele...sabe-se lá porquê! Mas tu estás PÍRULAS!!! Fechado em casa num dia de sol como esteve!! não estás a bater bem!
estou á espera do jantar...

Ines